Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Estas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao clicar no botão "aceitar" ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies.

área restrita
26/03/2021
0 Comentários

Torneira de parede ou de mesa: como escolher para a cozinha?

Confira as principais diferenças e os benefícios de cada modelo


Filtro de Parede 1865 C350 – Fani

Monocomando de Mesa 6256 C604 Linha Gourmet – Fani

Seja ao construir ou reformar, são vários os fatores que devemos ficar atentos para que tudo saia perfeito como esperávamos. Para banheiros, lavabos e cozinhas, os detalhes são ainda mais importantes, uma vez que exercem grande influência na estética e na funcionalidade desses ambientes.

Aqui no Blog da Fani, já trouxemos algumas dicas fundamentais tanto para você escolher entre os diferentes tipos de torneiras e misturadores, para definir a altura ideal da bancadaquanto para acertar no modelo de acordo com cada cômodo

No entanto, no artigo de hoje iremos abordar outra dúvida muito comum nesse momento: é melhor optar por uma torneira de cozinha de parede ou de mesa? 

Para isso, separamos o principais pontos que devem ser considerados antes de definir entre um modelo de torneira de mesa ou de parede e as principais vantagens de cada um deles. Vamos lá!


Monocomando de Mesa 6260 C605 Linha Gourmet – Fani

Misturador de Parede 1258 C222 Linha Bella Clássica 222 – Fani


Design imponente x otimização do espaço

O tamanho da sua cozinha e da bancada devem ser levados em conta na hora de escolher a torneira ideal, uma vez que o tipo definido pode impactar tanto na decoração quanto na praticidade no cotidiano.

Para otimizar espaço, caso você tenha uma cozinha pequena, aposte em torneiras e misturadores de parede, já que esses modelos não ocupam espaço sobre o tampo da bancada e podem facilitar a organização no dia a dia de outros itens sobre a pia.

Caso você conte com um cômodo maior e espaço disponível não for um problema, as torneiras e misturadores de mesa podem ser uma aposta mais interessante para o projeto. 

Torneira de Parede 1157 C88 Linha Clean 88 – Fani

Torneira de Mesa 1166 C88 Linha Clean 88 – Fani

Além de contar com versões em grandes formatos e com design imponente, os misturadores monocomando de mesa como os da Linha Gourmet oferecem ainda mais praticidade no dia a dia por permitirem um uso mais confortável e flexível do que as torneiras convencionais. 

Manutenção

Outra dúvida muito comum na hora de escolher entre esses dois modelos é a facilidade de manutenção. 

Por contar com as tubulações mais acessíveis, muitas vezes as pessoas se enganam em considerar os modelos de mesa mais fáceis para arrumar vazamentos ou realizar qualquer outro tipo de reparo. 

Porém, saiba que isso é um mito: mesmo possibilitando uma visualização maior da instalação, o acesso à tubulação desse tipo de torneira costuma ser até mais complexo que nos modelos de parede.

Além disso, as torneiras de parede apresentam mais praticidade na hora da limpeza da peça, uma vez que estão menos expostas a sujeira e ao contato direto com a água, devido ao local em que estão instaladas.

Torneira de Parede 1169 C95 Linha Slim 95 – Fani

Torneira de mesa 1210 C95 Linha Slim 95 – Fani


Cuidados com a instalação

Além do design e funcionalidade do tipo de misturador ou torneira, é muito importante que você considere a estrutura do local e o encanamento onde você deseja instalar essa peça.

Os modelos de parede, por exemplo, exigem que o local da instalação conte com um ponto de saída de água acima da bancada na parede, uma vez que a peça será conectada diretamente ao ponto de água.

Por outro lado, os modelos de torneiras de mesa são mais fáceis de instalar, basta que a bancada conte com tubulações próximas para que elas sejam conectadas.

É muito importante que a torneira escolhida para a cozinha respeite uma distância mínima de 30 centímetros entre a bica de saída d’água e o fundo da cuba, tanto nos modelos de parede como nos de mesa.

Ah, e não se esqueça de levar em conta o tipo de cuba que você irá utilizar no projeto. Também é fundamental que você fique atento as especificações do produto escolhido para que ele seja ideal para a pressão de água da sua casa ou apartamento. Confira neste post algumas dicas para evitar esse problema.

Agora que você já conhece as principais diferenças e benefícios de cada modelo, ficou mais fácil escolher, não é mesmo? Se ainda restou alguma dúvida, deixe ela aqui nos comentários que nós te ajudamos!







0 Comentários

            
Comentar
     
       

Como incluir o preto fosco na decoração?
Leia Mais
5 dicas para combinar tons de madeira na decoração da sua cozinha
Leia Mais
Como escolher a melhor torneira para a área externa da residência?
Leia Mais

Enviando